Redução de alíquotas para impostos

Imposto de Renda 2020 – Todos os cidadãos brasileiros que prezam em contribuir com o crescimento de seu país sabem da importância de pagar anualmente os impostos cobrados pelo Governo. São muitos os tributos que devem pagos, e o mais importante deles é o imposto de renda ou Imposto sobre Rendimento.

Com isso, todos os anos estes contribuintes devem realizar a declaração anual de ajuste, conhecida também como declaração de imposto de renda. Ela é exigida pela Receita federal e tanto pessoas físicas como também jurídicas tem a obrigação de realizá-la.

O artigo a seguir foi elaborado especialmente para ajudar aqueles cidadãos que desejam entender melhor como funciona o imposto de renda 2020. Portanto, continue acompanhando o conteúdo abaixo e não deixe nenhuma informação importante passar em branco.

Entenda o Imposto

O imposto de renda nada mais é que um tributo cobrado anualmente pela Receita Federal para toda pessoa física ou jurídica que residem no Brasil, ou seja, uma porcentagem do lucro (rendimento) que é obtido por uma empresa ou trabalhador brasileiro será recolhida pelo governo como forma de contribuição para a economia do país.

Este tributo tem como fato gerador um acréscimo patrimonial, seja por fruto do trabalho ou decorrente do capital. Além disso, o a Tabela IRRF 2020 possui 3 princípios que devem ser entendidos pelos contribuintes. São eles:

  • Generalidade – A generalidade indica que todos os cidadãos que obtiveram rendimentos tributáveis deverão declarar o imposto;
  • Progressividade – Este fator funciona basicamente da seguinte maneira: a empresa ou pessoa física que obteve um maior lucro anual, deverá pagar mais pelo imposto;
  • Universalidade – Se o contribuinte for residente fiscal no Brasil, ele poderá ser tributado pela renda obtida em outros países. Esta tributação é feita independe da natureza da renda.

É muito importante que os cidadãos fiquem atentos para fazer a declaração de imposto de renda 2019 dentro do prazo estabelecido pela Receita Federal, pois em caso de atraso na entrega da declaração, o cidadão estará sujeito à multa.

Por isso, é interessante acessar o site do órgão e consultar o prazo de entrega para não ter que pagar a mais por um erro que poderia ser evitado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *